A MORTE DAS CORES NOS UNIFORMES DOS HERÓIS

Como havia prometido, o Vambebe está de volta! Com posts mais longos, mais elaborados e menos formais, o nosso ponto de vista ficará mais evidente e mesmo que fique uma bosta, vamos fazer de tudo para continuar mantendo essa joça no seu devido rumo. Pegue o seu caneco de cerveja e aproveite… ou não.


 O pretinho básico não é uma opção só daqueles que querem parecer mais magros, tão pouco, dos metaleiros de plantão. A verdade é que o preto é tão versátil, que cada vez mais, até mesmo os super-heróis estão optando por um tom mais “dark” em seus modelitos. Mas até onde essa onda emocore é válida?

501c3349df4a1

Durante as últimas décadas de quadrinhos, os uniformes dos super-heróis passaram por diversas adaptações, algumas para melhor… outras nem tanto. Acredito que o maior problema dessas mudanças, foi a gradativa morte das cores características que definem a identidade visual do personagem. E agora com os heróis se consolidando no cinema, a tendência que Hollywood tem seguido até então é simplificar os uniformes, descolori-los e deixá-los menos chamativos. Tudo para se enquadrar em uma temática mais real, logo, mais próxima do espectador.

Tem sido bem comum vermos tanto as HQ como os filmes, adotarem esse tom mais realista, lembrando que em um mundo monótono como o nosso, se um sujeito se veste com um uniforme colorido, é logo taxado como um maluco que quer chamar atenção! Atualmente, a aposta mais comum das produtoras é dar um tom mais sério e sombrio aos heróis. Um bom exemplo disso, é a trajetória que a DC/Warner vem traçando nas telonas.

Quando pensamos em uniformes pretos, o figurino dos três primeiros filmes de X-Men vem a cabeça quase que instantaneamente, mas essa moda “Men in Black”, surgiu bem antes e nos próprios quadrinhos! Posso até estar errado, mas acredito que tudo começou com o cabeça de teia.

spiderman-wallpaper-iphone-6

1984 e 1985 marcaram definitivamente a vida do nosso querido (e ferrado) Homem Aranha, já que nessa época era lançada a tão aclamada Guerras Secretas, onde o amigo da vizinhança encontra o bendito uniforme negro, ou se preferir, o simbionte. Literalmente, essa mudança no herói foi um divisor de águas, chamando atenção dos leitores que gostavam desse visual mais dark e violento. Tanto que no auge da fama, o Aranha desenhado por Todd McFarlane vendeu 1 milhão de exemplares, em 1988, uma vendagem considerada um recorde até hoje.

 Em 1987, Quando o Capitão América se desentendeu com o governo, o herói devolveu seu uniforme e escudo, alegando que a “marca” Capitão América fora criada por eles. Com a ajuda de Tony Stark, que lhe desenvolveu um novo escudo, o herói adotou a identidade de Capitão, trajando uma roupa preta com listras vermelhas e brancas.

1799221-usagent

A DC parece ter gostado dos visuais, tanto que em 1992, seu personagem mais famoso também se rendeu ao “pretinho básico” em “Ressurreições” (Superman 81), durante a saga O Retorno do Super-Homem. Fruto de uma jogada de marketing onde heróis morrem e ressuscitam, trocam de uniformes, ganham outros poderes ou perdem os originais, Kal-el volta do mundo dos mortos (depois de ser escorraçado pelo vilão Apocalypse) vestindo um uniforme preto, sem capa e com o “S” cromado.

Superman-Suit-History-Return-Black

Desde então, essa merda desandou e sempre que um personagem sofria uma mudança de comportamento, o preto estava lá presente nos uniformes e se fosse somente nesses casos, não haveria muitos problemas, tanto que essas mudanças sempre foram temporárias. Entretanto, o preto vem sendo comumente adotado quando um herói abandona seu posto e outro entra no lugar… será que não tá faltando um pouquinho de criatividade ai não?

 Após a saga Guerra Civil (2007), antes de morrer, o Capitão América deixou uma carta com Tony Stark pedindo que o escudo fosse passado para alguém que mantivesse o símbolo da liberdade vivo. O escolhido foi seu antigo parceiro, Bucky Barnes, que passou a vestir um traje negro e um peitoral que lembra uma armadura, abolindo as velhas escamas e adotando um visual todo reluzente.

buckyevolution

Em 2011 após a morte do aranha Ultimate, fomos apresentados a Miles Morales o novo Cabeça de teia, que ganhou um traje (também preto) desenvolvido pela Shield (que é até mesmo a prova de balas!) e ainda no mundo do Aranha, temos também o odiado Homem-Aranha Superior, cujo o azul do uniforme original foi substituído pooor? Pois é, preto…

Miles_Morales_(Earth-1610)_0005 cópia

Não me entendam mal, eu adoro a cor preta, mas tudo em demasia enjoa. Sinto falta dos uniformes todos coloridos e chamativos (por mais idiotas que fossem…)

E o que você acha? As mudanças atuais são válidas ou você concorda que os uniformes mais clássicos ajudam a definir a personalidade do herói?

Aproveite e siga o Vambebe no Facebook, no Twitter e também no Google+.

HUGH JACKMAN NÃO SERÁ MAIS WOLVERINE?

Chega de Wolverine nos cinemas! Bem, na verdade, chega de Hugh Jackman como Wolverine nos cinemas. O ator comentou em entrevista para a MTV americana, que pode ser que não o vejamos mais em ação durante um bom tempo.

Wolverine-hugh-jackman

Depois de sofrer muito vendo um dos meus personagens preferidos sendo completamente descaracterizado pela FOX e toda a equipe envolvida nos filmes, aparentemente Deus ouviu minhas preces e iluminou a mente de Hugh Jackman. O ator australiano deu entrevista ao site da MTV americana e falou sobre o futuro do personagem:

“Talvez não tenhamos mais Wolverine. Talvez seja isso aí apenas. [Dias de um Futuro] pode ser o último. Aliás, isso não tinha me ocorrido até três dias antes do fim das filmagens, porque eu estava promovendo Wolverine Imortal, voltei às filmagens e só aí que pensei ´bem, quem sabe? Talvez não tenha mais Wolverine. Talvez seja isso. Quem sabe? Talvez´. Então, aproveitei ao máximo estas últimas semanas. Curti cada minuto em que usei as garras”

Foi perguntado ao ator sobre a participação de Wolverine em “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido” e Jackman disse que ao contrário do terceiro filme, o mutante agora consegue dominar mais sua natureza violenta e que isso “o coloca no centro de tudo” (natureza violenta? Isso nunca foi realmente visto nos filmes).

O longa é inspirado na HQ “Dias de um Futuro Esquecido”, que é um clássico dos X-Men lançada anos 80 criada pela dupla Chris Claremont e John Byrne. Na trama original vemos Nova York em um futuro em que os Sentinelas controlam os Estados Unidos e os poucos mutantes sobreviventes, vivem em campos de concentração. Diante da iminência de uma guerra nucler, devido ao crescente avanço das Sentinelas sobre os demais países do globo, uma pequena resistência mutante resolve pôr em prática um plano desesperado: Avisar os X-Men do passado ​​sobre esse futuro tudo graças a futura versão da Kitty Pryde, cuja mente viajou de volta no tempo.

“X-Men: Dias de um Futuro Esquecido” (que será o segundo filme com Wolverine nesse ano) tem estreia marcada para 18 de julho de 2014, sendo dirigido por Bryan Singer e com roteiro de Simon Kinberg.

Hugh Jackman é um excelente ator, mas seu Wolverine nunca foi realmente “O Wolverine” e é curioso como o melhor filme dos mutantes até o momento, não teve a participação desse personagem (tem uma participação relâmpago, mas nem conta…)

QUARTETO FANTÁSTICO FARÁ PARTE DO MESMO UNIVERSO DE X-MEN

O consultor criativo da FOX, Mark Millar, fez declarações sobre o próximo filme do quarteto fantástico.

fantastic-four_00313524

Em entrevista para o SFX, Millar falou sobre a participação do quarteto no universo de X-men. Além de ter deixado bem claro que os heróis  estão no mesmo universo, levantando assim, a hipótese de  que a sequência de Bryan Singer para X-Men – Dias de um Futuro Esquecido (X-Men – Days of Future Past), seria um encontro entre X-Men e Quarteto Fantástico.

Na entrevista, o consultor da Fox disse: “Sem dúvida, acho que você precisa ver esses caras aparecendo nos filmes uns dos outros“, comentou, “A coisa mais empolgante em filmes de heróis, antes do lançamento de Os Vingadores, era quando Nick Fury aparecia em O Homem de Ferro. Mesmo sendo apenas um cara com um tapa-olho, era muito legal. Acredito que veremos mais [desse tipo de coisa]“.

Josh Trank será o diretor do vindouro filme do Quarteto Fantástico, que, no momento, passa por revisões em seu roteiro. O filme ainda não teve nenhuma data, nem estimativa, liberada pela a produtora.

DEADPOOL: FOX PODE PERDER OS DIREITOS DO MERCENÁRIO BOCA SUJA!

A 20th Century Fox está definitivamente expandindo a sua franquia que envolve os X-Men, a começar pela confirmação da produção de filmes da X-Force e do Magneto, como já havíamos comentado aqui no Vambebe. Temos também o filme do Deadpool já está sendo planejado a muito tempo, mas existe uma chance do estúdio perder os direitos que tem sobre o personagem.

Deadpool

A produção do longa não consegue avançar, mesmo com uma filmagem teste e um roteiro (18+) pronto para a aprovação. Até mesmo Ryan Reynolds, que interpretou o mercenário em “X-Men Origens: Wolverine” comentou a um tempo atrás, que a produção pouco mudou em relação às últimas notícias divulgadas. Segundo o ator:

“Em certo momento, o filme está vivo e chutando, e depois está morto, definitivamente morto. Mas aí ele volta, fica vivo e chuta de novo. Mas depois volta a morrer. É como se fosse o pior relacionamento que eu nunca tive”

Tudo envolvendo o personagem nos cinemas é incerto, inclusive o que surgiu dizendo que Cable e Deadpool estariam no filme da X-Force. Sobre isso, maiores informações dever ser apresentadas no painel da Fox na Comic-Con nesta semana.

Envolvendo esse assunto, o site HitFix desenvolveu uma discussão sobre o potencial do Deadpool fazer parte do time X-Force e o redator da HitFix disse algo que até então nunca havia sido comentado:

“Dizem que o estúdio pode perder os direitos do Deadpool em alguns anos se eles não o usarem.”deadpool

Mesmo que mais nada sobre os direitos do filme do Deadpool tenha sido dito pela HitFix e nem mesmo houve pronunciamento por parte do estúdio, essa possibilidade é real, lembrando que se os heróis cuja a Marvel não tem mais os direitos não tiverem um longa em produção dentro de um tempo específico, os mesmos retornam para a produtora. Situação vista recentemente com quatro personagens que a Fox perdeu.

É possível que a HitFix tenha a informação a partir de fontes internas ou isso tenha sido dito por engano.

Também vale lembrar que a Fox sempre produziu filmes de maneira desesperada quando está perto de perder seus personagens, pode ser que o estúdio simplesmente jogue o Deadpool no filme da X-Force só para não correr o risco de desfalcar o seu universo mutante. Sem contar que a popularidade do personagem está mais alta agora do que nunca.

X-FORCE: CONTRATAÇÃO DE ROTEIRISTA É ANUNCIADA

Em entrevista a Hollywood Reporter, a 20th Century Fox, revelou que está montando uma equipe para o longa dos mutantes.

x-force

FOX cogitou o nome de Jeff Wadlowo diretor de Kick-Ass 2, para escrever o roteiro do longa. Produtora dos demais filmes dos X-Men, Lauren Shuler Donner vai supervisionar a produção, e, além de escrever, Wadlow é o favorito a assumir a direção. 

Criada por Rob Liefeld em 1991, a X-Force tinha um perfil mais militarizado e agressivo do que os X-Men – como se fossem os “Black Ops” dos mutantes. Cable liderou a primeira formação, que tinha ainda Dinamite, Míssil, Domino, Feral, Shatterstar e Apache. Nomes como Forge, Deadpool, Wolverine e Colossus já integraram a X-Force.

Mais informações devem ser divulgadas na Comic-Con, que acontece em San Diego entre 18 e 21 de julho.

X-MEN: O DIRETOR BRYAN SINGER FALA SOBRE O UNIVERSO DOS MUTANTES NO CINEMA.

O diretor Bryan Singer, em uma entrevista à revista SFX, fala novamente sobre a construção de um universo cinematográfico envolvendo todos os personagens da Marvel Comics, cujo os direitos pertencem à Fox.

daysoffuturepast_zps4e050abe

Singer fala sobre o caminho que esse universo tomará usando os personagens da Marvel que são pertencentes à Fox (que agora são somente as franquias dos X-Men e do Quarteto Fantástico). Mesmo com os conflitos entre os dois estúdios, o diretor revela interesse nos projetos da Marvel Studios relacionados aos Vingadores e também demonstra estar muito animado para ver os projetos futuros da Warner Bros, destacando o filme da “Liga da Justiça”.

MV5BMTMwMzQ0OTgzNF5BMl5BanBnXkFtZTcwMjExNzAyMg@@._V1._SX214_CR0,0,214,314_“Eu basicamente já reiniciei o universo duas vezes, no sentido em que eu o iniciei uma vez com X-Men e depois o reboot com First Class. Estou muito muito interessado em explorar o universo dos X-Men, da mesma forma que a Marvel tem feito com os Vingadores. É um universo enorme e não apenas nas questões que ele confronta. Muitos personagens famosos da Marvel já foram usados​​, mas ainda sobraram alguns. A DC tem alguns também; o filme da Liga da Justiça vai ser um monstro!”

O diretor revela não achar que será um concorrente direto da Marvel Studios, devido a complexidade e seriedade do universo dos X-Men.

“é uma experiência muito diferente sendo que os filmes de X-Men operam em temas muito específicos e é um tipo de universo muito mais sério, e o universo de filmes da Marvel não é tão sério. Ele tem seus próprios pontos emocionais e os personagens são obviamente incríveis.”

O próximo longa do diretor sobre o universo dos mutantes será “X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido” e envolverá viagem no tempo, e trará de volta vários nomes da franquia original como Patrick Stewart, Hugh Jackman, Anna Paquin e Ian McKellen e também os novos rostos vistos em Primeira Classe: James McAvoy, Michael Fassbender e Jennifer Lawrence. No clássico dos quadrinhos em que o roteiro se espelha, é mostrado um futuro onde os mutantes foram praticamente dizimados pelos Sentinelas, robôs gigantes usados pelo governo. Cabe então à Lince Negra (vivida por Ellen Page em “X-Men 3” e que reprisará o papel no novo filme) a tarefa de voltar ao passado para alertar seus amigos do tenebroso futuro que os espera.

“X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido”, tem estreia prevista para 18 de julho de 2014.