COMO DIFERENCIAR REMAKE E REBOOT?

Muitos de vocês devem ter a dúvida do que é de fato um remake e um reboot. Muitos até acreditam que são a mesma coisa e isso não é uma dúvida tão incomum, percebo que até mesmo críticos e entendedores de cinema comumente se confundem com os termos! Depois de uma conversa com o Nick (um dos editores do Vambebe) resolvi fazer uma matéria explicativa sobre o tema.

remake reboot

Hoje em dia produzir remakes e reboots está na moda em Hollywood, muitos afirmam que isso é falta de criatividade dos estúdios, que aproveitam uma história pronta e simplesmente a refazem (aproveitando poucos ou muitos dos elementos do filme original). Outros defendem que essa prática visa atualizar o público moderno, apresentando histórias consagradas, mas de uma forma mais atual. Existe ainda filmes que são produzidos com a finalidade de corrigir ou fazer com que o original caia no esquecimento!

Mas como distinguir um do outro?

Remake

Traduzindo para português, a palavra remake significa refazer, reconstruir, voltar a fazer e é exatamente esse o intuito. Quando um filme antigo (as vezes nem tão velho) é refilmado, mas se mantém totalmente baseado na mesma história, esse filme é considerado um remake.

Um bom exemplo de remakes são o “King Kong” (2005) do diretor Peter Jackson, que é um remake do clássico de 1933 e a refilmagem clássica é “A Fantástica Fábrica de Chocolate” de Tim Burton, refeita com base no filme de 1971. Um remake mais atual é o “RoboCop” do brasileiro José Padilha, o título original é de 1987.

O Vingador do Futuro (Total Recall) original é de 1990

O Vingador do Futuro (Total Recall) original é de 1990

Reboot

Traduzindo para o nosso idioma, reboot significa reinício, reinicializar. Esse tipo de refilmagem normalmente acontece quando o título original não agrada ou demonstra problemas para uma possível continuação, sendo assim, o filme original é esquecido e a franquia é reiniciada com um novo elenco, outra dinâmica e com a história tomando um rumo completamente diferente.

Um bom exemplo disso é “O Espetacular Homem-Aranha”, filme que reconta a história do cabeça de teia com novos atores, outro roteiro, novos vilões e estilo diferente, tentando assim não fazer ligação com a trilogia filmada por Sam Raimi. Outro bom exemplo é “Batman Begins”, filme que trouxe de volta Batman às origens com uma pegada mais séria, reiniciando a franquia que começou em 1989 estrelada por Michael Keaton e que teve diversos outros reboots (Sendo que “Batman Begins” é reboot de “Batman & Robin” de 1997).

O Homem de Aço (The Men of Steel) é um reboot

O Homem de Aço (The Men of Steel) é um reboot

Durante a conversa que gerou a ideia de fazer a matéria, dei um exemplo que pode ajudar a lembrar a diferença de um remake e um reboot:

“Quando você está usando um computador e resolve desliga-lo para ir dormir e volta a liga-lo no dia seguinte, isso é um remake e quando você está usando o computador e precisa reinicia-lo para reparar um erro do sistema, isso é um reboot!”

Espero que esse post tenha ajudado a acabar com as dúvidas sobre o assunto, deixe um comentário falando o que achou da matéria e se ainda tem alguma dúvida!

Aproveite e siga o Vambebe no Facebook, no Twitter e também no Google+.

Fonte de Inspiração: Revista Geek
Anúncios

Não poupe comentários. Fale bem ou fale mal, mostre a sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s