SPARTACUS NA RECORD É BOM OU RUIM?

Uma série repleta de violência, muito sangue, sexo e luxúria começou a ser exibida na TV aberta… Só que não! Enquanto a versão sem cortes de “Spartacus” está sendo exibida pelo canal Starz, a rede Record também começou a exibir a série, mas em uma versão beeem mais light.

spartacus-blood-and-sand-4221186jvyuz

Como havia anunciado na semana passada, a rede Record adquiriu os direitos de exibição de “Spartacus” e, como temia, o primeiro episódio exibido na noite do dia 5 sofreu diversos cortes, censurando cenas de violência e de sexo. O curioso por trás de tudo isso não são os cortes em si, mas sim a versão exibida pela emissora, que é na verdade um pouco diferente da apresentada oficialmente.

Aparentemente essa versão não foi finalizada como a original. Elementos, como o mar de sangue que jorra de um ferimento, simplesmente não existem nessa versão, assim como uma cabeça que fora decepada no original, aqui se mantém no lugar. A impressão que fica é que os efeitos especiais usados em certas cenas não foram aplicados, deixando a cena como ela foi rodada.

spartacus-blood-and-sand-comparativo

De acordo com a assessoria de imprensa da emissora, a Record realmente não foi a responsável pelos cortes, já que essa é uma versão produzida exatamente para passar em TV aberta. Outro detalhe que chamou a atenção dos que conhecem a série original foi a dublagem, que  retirou os palavrões e diminuiu os gritos de dor de alguns personagens.

Obviamente prefiro a versão original e sou contra os cortes que são frequentemente vistos em filmes, séries e desenhos. Mas depois de ter assistido todo o episódio exibido pela emissora, francamente acredito que essa versão “light” possa vir a se tornar algo positivo para a série. Digo isso porque conheço muitas pessoas que não quiseram ou desistiram de assistir “Spartacus” por considerarem que ela é muito apelativa. E já que é para ser franco, ela realmente é…

Para você que ainda não conhece a história real que deu origem a série, “Spartacus” é aquele tipo de seriado que de início não te interessa muito, principalmente se você for alguém mais conservador, mas se for capaz de abstrair algumas coisas que te perturbam, com o passar dos episódios você não vai querer parar de ver!

82308639_640

Produzido inicialmente com um orçamento baixo, o episódio piloto apresenta efeitos especiais bem inferiores e, devido a isso, apela para a violência extrema e diversas cenas eróticas ou com um forte apelo sexual; fatores que geram muita discussão, mas que são inegavelmente chamativos e geram muita publicidade. Entretanto, a violência e o sexo nada mais são do que meros coadjuvantes quando comparados à trama apresentada ao longo de todos os episódios vistos no decorrer das quatro temporadas.

Devido a suavização da violência e do sexo, é exatamente a trama que vai acabar ganhando destaque nessa versão, podendo assim atrair esse público que antes repudiava a série.

spartacus-pic

“Spartacus” é exibido aos domingos depois do programa “Domingo Espetacular”. Para assistir ao primeiro episódio exibido pela Record na integra, basta clicar aqui.

E ai, concorda com a minha opinião ou discorda de alguma coisa? Não deixem de comentar!

Aproveite e siga o Vambebe no Facebook, no Twitter e também no Google+.

Anúncios

Não poupe comentários. Fale bem ou fale mal, mostre a sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s